quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Fritz Leiber - Galeria de Capas e Biografia.


Galeria de Capas e Imagens 

Google + : https://plus.google.com/photos/103998711237758699926/albums/5971879908921340465

No Pinterest: http://www.pinterest.com/hermanschmitz/fritz-leiber-galeria-de-capas/

Fritz Leiber

Fritz Reuter Leiber Junior (Chicago, 24 de Dezembro de 1910 — San Francisco, 5 de Setembro de 1992) foi um escritor de fantástico, ficção científica e horror estadunidense. Filho do ator Fritz Leiber, ele também atuou em filmes e escreveu alguns roteiros para o cinema.

É muito conhecido por sua série de fantasia heroica protagonizada pela dupla Fafhrd e Gray Mouser. Os contos iniciais foram eventualmente reunidos sob nome da série “Swords” (Espadas). Assim foram publicadas as coleções “Swords and Deviltry” (1970), “Swords Against Death” (1970), “Swords in the Mist” (1968), “Swords Against Wizardry” (1968), “Swords and Ice Magic” (1975), “Farewell to Lankhmar” ou “The Knight and Knave of Swords” (1988) e “Swords Against the Shadowland” (2012). Houve também algumas adaptações para quadrinhos como a série que saiu pela Dark Horse Comics.

Ele foi indicado inúmeras vezes e em diversas categorias aos prêmios Hugo, Nebula, Locus, World Fantasy entre outros.

O romance The Big Time, vencedor do Hugo em 1958, é uma história com temática de viagens no tempo na qual as fações rivais “Spiders” e “Snakes” estão envolvidas num conflito sem fim (Change War) para determinar o futuro. Neil Gaiman comenta este romance e diz que é uma uma história notavelmente sofisticada, incomum para a ficção científica publicada naquele período. Contém muitos do temas preferidos por Leiber como Shakespeare e o teatro, identidades alternativas, alcoolismo, sadomasoquismo, Alemanha e o Tempo. É engraçado, inteligente ao brincar com grandes temas em um minúsculo palco e demanda muito de seus leitores. Assim não é uma surpresa que tenha sido premiado com o Hugo em 1958, ainda que, mais de cinquenta anos depois, continue um romance relativamente desconhecido.

Our Lady of Darkness (1977) está entre seus romances de horror mais conhecidos, e como muitos de seus trabalhos finais, são autobiográficos no sentido de relatar sua luta na vida real contra a depressão e o alcoolismo.

O autor correspondeu-se com H. P. Lovecraft, o qual encorajou e influenciou seu desenvolvimento literário; sob influência deste contato escreveu a novela de horror, The Dealings of Daniel Kesserich (1936; publicada após sua morte pela Tor, em 1997).

O termo “Sword and Sorcery” começou a ser utilizado após uma ocasião em 1961 quando o escritor e editor, Michael Moorcock, requisitou um termo para descrever o subgênero de fantasia em que heróis “musculosos” entravam em conflito com uma variedade de vilões, principalmente feiticeiros, bruxos, espíritos malígnos e outras forças sobrenaturais. Fritz Leiber sugeriu “Sword and Sorcery” e o termo pegou.

Fonte: http://selo-multiversos.net/escritores-2/fritz-leiber/


Nenhum comentário:

Postar um comentário