sexta-feira, 17 de maio de 2013

Joanna Russ - Frases úteis para o turista (espacial)



Frases úteis para o turista
Joanna Russ


Locrinia: a península e seus arredores.
Lokrina D. C.
X 437894 = H
Consideravelmente semelhante à Terra (consultem as fitas gravadas e as transliterações adjuntas).
Para fisiologia, ecologia, religião e costumes (consultem Wu e Fabricant, Locrinia, Informação Útil para o turista, Praga, 2355, Vol. 2).


NO HOTEL:

Esta é minha amiga. Não se trata de uma gorjeta.
Vou chamar o gerente.
Este não pode ser o meu quarto porque eu não respiro amoníaco.
Só me sinto bem com temperaturas que variem entre os 200 e 303 graus.
Garçom, esta comida ainda está viva.


NAS REUNIÕES:

Isso é você?
Isso é você por inteiro? Quanto (que quantidade) de você (vocês) há aí?
Encantado de conhecer o seu irmão clone.
Você é tóxico?
Você é comestível? Eu não sou comestível.
Nós humanos não nos regeneramos.
Minha companheira não é comestível.
Isso é minha orelha.
Sou tóxico.
É assim que vocês copulam?
Alguém acredita que isso seja erótico?
Obrigado.
Explique, por favor.
Você também muda de cor?
Você está grávido?
Vou sair dessa sala.
Não podíamos ser só amigos?
Leve-me imediatamente ao consulado terrestre.
Me sinto muito honrado com sua amável proposta, mas não posso acompanha-lo aos poços de acasalamento, pois eu sou vivíparo.
Segundo as regras da amizade interestrelar deveríamos agora ter uma relação física, peço que me perdoe.


NO HOSPITAL:

Não!
Meu orifício de alimentação não está nesse extremo do meu corpo.
Preferia fazer isso sozinho.
Por favor, não deixe sair (entrar) a atmosfera, isso seria fatal para mim.
Não como chumbo.
Se colocar o termômetro aí, vai ter pouca ou nenhuma informação.


EXCURSÕES:

Você não é o meu guia. Meu guia era bípede.
Nós, os terrestres, não nos acostumamos a isso.
Isso é indemonstrável.
Isso é bem improvável.
Isso é ridículo.
Tenho visto exemplos muito melhores que esse.
Por favor, me conduza ao mamífero inteligente mais próximo.
Leve-me imediatamente ao Consulado Terrestre.
Oh, que magnífico parque aquático (centro de acasalamento, espetáculo montado, fenômeno involuntário)!
A que horas se joga a princesa má no vulcão em erupção? Poderemos participar?


NO TEATRO:

Isso é divertido?
Sinto muito; não quis ofender.
Você pode deformar-se um pouquinho mais para baixo?
Estou imaginando isso?
Supõe-se que devo imaginar isso?
Devo me preocupar com essa agua no chão?
Onde está a saída.
Socorro!
É uma obra de arte.
Minhas convicções religiosas me impedem de tomar parte nesse espetáculo.
Não me sinto muito bem.
Me sinto meio derretido.
Eu não como comida viva.
Acreditam que isso é erótico?
Posso levar isso para casa?
Isso faz parte do espetáculo?
Pare de me tocar.
Senhor ou Senhora, isso é meu.
Queria visitar as unidades de recuperação de dejetos.
Já terminou?
Posso começar?
Você está no meu caminho.
Isso em nenhuma circunstância.
Se não parar com isso chamo o lanterninha.
Isso é proibido pela minha religião.
Senhor ou senhora, este lugar está reservado.
Senhor e senhora, este lugar está reservado.
Não foi minha intenção sentar-me em cima de você. Não percebi que o assento já estava ocupado.
Meus olhos são sensíveis a luz cuja longitude de onda oscile entre os 3.000 e 7.000 Angstrons.


CUMPRIMENTOS:

Você está bem mais que antes.
Seu cabelo é falso.
Se descobrir os pés, desmaiarei.
Não tem lugar.
Estou certo que você estará aqui amanhã.


INSULTOS:

Você é sempre o mesmo.
Vocês são cada vez mais.
Vejo seus dedos.
Que limpo você está!
Você está limpo, porém animado.


GENERALIDADES:

Leve-me ao Consulado Terrestre.
Guie-me ao Consulado Terrestre.
O Consulado Terrestre ficará sabendo disso.
Este não é o modo de tratar um turista.
Por favor, indique-me onde esta o meu hotel.
Tem algum problema no meu veículo.
Estou morrendo.
A que hora sai a lua? Há lua? Está é a lua cheia? Leve-me imediatamente ao Consulado Terrestre.
Poderia me dar o segundo volume de Wu e Fabricant, chamado Fisiologia, ecologia, religião e costumes dos Locrinos? Não importa o preço.


FIM

Tradução: Herman Schmitz, o vivíparo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário